Apresentação da Escolinha

Nós da Escola de Futebol CHUTE INICIAL CORINTHIANS SALVADOR, temos o enorme prazer em recebê-lo no nosso site.

Inaugurada no mês de setembro de 2009, somos a primeira escola licenciada do Corinthians em Salvador. O diretor técnico da nova unidade, Jorge Madureira expressa o quão importante é esta sede para a cidade de Salvador: "A realização do sonho de muitas crianças e adolescentes agora é fato em Salvador. Com a chegada da escola Chute Inicial Corinthians, a ”Terra do axé” fica ainda mais alegre, orgulhosa e ciente de que aqui também o futebol será tratado com arte e disciplina".

Nossa Escolinha está localizada em frente a Praia de Patamares, contando com uma estrutura dinâmica, inovadora e com profissionais qualificados e orientados a atendê-lo(a) em todas necessidades ligadas ao esporte coletivo difundido no mundo – o Futebol.

O gerente de Esportes do Corinthians Roberto Toledo, em sua visita a unidade, expressou seu desejo: "Esperamos que essa unidade seja pioneira no trabalho que a Chute Inicial Corinthians deseja realizar na região. Sabemos da quantidade de Corinthianos apaixonados no Nordeste, principalmente na Bahia, e tenho certeza que o local será um ponto de encontro dos torcedores do Timão. Fiquei muito satisfeito com a visita técnica que realizamos na unidade, pois realmente é um diferencial muito positivo poder fazer algumas atividades físicas da Chute na praia".

Todos os nossos (as) alunos (as) possuem oportunidade de aprender em nossa Escola e os alunos que se destacarem poderão fazer testes para Categorias de Base do Esporte Clube Corinthians Paulista.

SEU SONHO PODE SE TORNAR REALIDADE, ACREDITE NELE. VEJA ABAIXO A CLÁSULA DE NOSSO CONTRATO COM O CORINTHIANS.
CLÁUSULA NONA - OBRIGAÇÃO DE PROMOÇÃO

9.1. A LICENCIADA (CHUTE INICIAL SALVADOR) se obriga a indicar graciosamente à LICENCIANTE (S.C.CORINTHIANS PAULISTA), anualmente, a título de promoção e divulgação dos serviços prestados e da marca explorada, 10 (dez) jovens atletas com potencial para integrar as equipes de base desta, mediante entrega de relatório técnico sobre o desempenho dos mesmos.
9.2. A LICENCIANTE poderá, a qualquer tempo da vigência deste contrato, convidar outros atletas, sempre devidamente autorizados pelos pais, além daqueles eventualmente indicados na forma do item acima, para períodos de teste em seus próprios times.

Publicidade